O Chef

 

 

 

 

 

 

Paulo Serrano não nasceu no Japão. Paulo Serrano não é filho de japoneses. Paulo Serrano é um self-made man que foi atrás de uma curiosidade, depois de uma paixão e por fim daquilo que se tornou hoje a sua vida. 

Fruto da sua verdadeira vontade de aprender, do seu gosto em ouvir e do prazer que tem em degustar e falar sobre paladares, foi para Paulo Serrano natural o caminho percorrido até se tornar um chef de cozinha asiática.

Começou por curiosidade, partilhando experiências e saberes com quem sabia mais do que ele, participou em workshops para aprender, partilhar experiências e trocar opiniões.

No fundo Paulo é um viajante, ávido pelos sabores do mundo, demorou-se pelo Oriente, sentindo-lhe os sabores, e das suas vivências, retira hoje, a atmosfera indicada, aprimora a tonalidade certa do sabor e segue, em viagem, definindo em técnica e criatividade o seu sushi – a sua criação.

De aprendiz a professor, Paulo dedica hoje a sua vida entre a cozinha asiática, a organização de eventos e a formação em que procura transmitir o que ouviu, sentiu, provou enfim, o espírito desta arte ancestral.

No fundo Paulo Serrano vive com o 'coração na boca' e a sua sede de conhecimento terá sido um dos motivos que o afirmaram como um nome que não passará despercebido na cozinha asiática em Portugal.

Ponham um gosto

logo
logo